Síntese das Atividades Realizadas - 2014

 

IV Simpósio Reflexões Cênicas Contemporâneas

Data: de 24 a 27 de Fevereiro de 2014.

Conteúdo Geral: 4 demonstrações de processos de criação artística, 4 mesas de debate com 2 conferencistas e um mediador cada.

 

XIV Cursos de Fevereiro

Data: de 29 de Janeiro a 01 de Março de 2014.

Conteúdo Geral: 9 cursos de curta duração ministrados pelos atores-pesquisadores do LUME e convidados.

 

VII Terra LUME

Data: de 29 de Janeiro a 01 de Março de 2014.

Conteúdo Geral: 3 Escambos Teatrais, 3 Demonstrações de Processos Criativos, 2 espetáculos, 3 mostras de vídeo

Programação realizada

IV Simpósio Reflexões Cênicas Contemporâneas

 

A programação aconteceu nos dias 24, 25, 26 e 27 de fevereiro de 2015 e contou com 3 palestrantes internacionais, 5 palestrantes nacionais, 4 mediadores de mesa além de grupos e artistas convidados que realizaram demonstrações práticas de suas pesquisas artísticas conforme programação abaixo. Foi realizado no Auditório do Instituto de Artes - UNICAMP e contou com 205 inscritos, além de transmissão on-line de toda a programação.

 

Dia 24/02/2015: Criação em Coletivo

Sinopse da mesa: Esse dia de trabalho tem o objetivo de problematizar os processos criativos que se constroem em coletivos, sejam eles grupos de teatro, dança ou performance longevos ou mesmo aqueles coletivos formados para apenas um trabalho criativo determinado. Quais são os diferentes modos de operação, suas potências e impotências? Seria possível dissecar seus modo de organização, hierarquias (ou não) e como essas questões afetam direta ou indiretamente o processo criativo?

Anjo Contaminador: Dra. Melissa dos Santos Lopes

Processo de criação: Carlos Roberto Simioni e Núcleo Patuanu

Debatedores

Profa. Dra. Nitza Tenemblat (UnB) e Profa. Dra. Rosyanne Trotta (UNIRIO)

Mediação

Prof. Dr. Marcelo Lazzaratto (UNICAMP)

Dia 25/02/2015: Arte e Cidade

Sinopse da mesa: Esta mesa se propõe a debater meios de fricção entre a produção artística contemporânea e os espaços das cidades tendo em vista que elas são muito mais do que sua arquitetura concreta revela, constituindo-se de uma rede de interconexões que incluem as relações e atitudes experimentados pelos que nelas vivem e circulam. O debate busca problematizar ainda o papel e espaço das artes na vida das cidades, bem como suas estratégias de aproximação com o público, a partir da ocupação e ressignificação dos seus espaços públicos.

Anjo Contaminador: Dra. Ana Caldas Lewinsohn

Processo de criação: Grupo Opovoempé (São Paulo)

Participantes

Prof. Dr. Maurício Barría Jara (Univesidade do Chile) e Profa. Dra. Maria Francisca Morand (Universidade do Chile)

Mediação

Prof. Dr. Mario Alberto de Santana (UNICAMP)

Dia 26/02/2015: Produção de Efeitos de Presença

Sinopse da mesa: O debate deseja analisar o conceito de presença em um âmbito geral e sua aplicação às Artes do Corpo, problematizando seus limites como artes presenciais no contexto da criação artística contemporânea. Estão em questão os paradoxos entre o corpo orgânico e pós-orgânico, seu funcionamento, suas dinâmicas de produção de linguagem e as formas de treinamento que atuam na sua formação.

Anjo Contaminador: Dra. Patrícia Leonardelli

Processo de criação: Grupo Taan Teatro – Dr. Wolfgang Panneck

Participantes

Prof. Dr. Paulo Filipe Monteiro (Portugal) e Prof. Dr. Gilberto Icle (UFRGS).

Mediação

Prof. Dr. Renato Ferracini (UNICAMP)

Dia 27/02/2015: Sensação, Recepção em Artes do Corpo

Sinopse da mesa: Esta mesa pretende apontar possíveis caminhos para reflexões acerca das qualidades intrínsecas ao fazer-pensar das Artes do Corpo; suas formas de organização, relação e recepção. Pretende-se assim que, a partir de diferentes maneiras de operacionalização de encontros entre/intra corpóreos, problematizem-se os fenômenos de percepção inerentes a estas qualidades de práticas artísticas.

Anjo Contaminador: Dra. Ana Clara Cabral Amaral Brasil

Processo de Criação: Sara Panamby e Felipe Spindola (suspensão e body art)

Participantes

Prof. Dr. Edelcio Mostaço (UDESC) e Prof. Dr. Flavio Desgranges (USP)

Mediacão

Profa. Dra. Daniela Gatti (UNICAMP) 

 

 

XIV Cursos de Fevereiro

 

Foram realizados nove cursos intensivos de curta e média duração de 4 horas por dia divididos no período matunino e vespertino entre 29 de janeiro a 01 de março e ministrados na Sede do LUME. Nessa edição participaram tanto atores-pesquisadores vinculados ao LUME (entre pesquisadores, atores e colaboradores) e uma pesquisadora-artista convidado: Yael karavan (Israel).

Os interessados puderam se inscrever de forma on-line através do site: www.lumeteatro.com.br, no link “cursos de fevereiro” onde constavam todas as informações necessárias tais como prazos, sinopses, período de realização de cada curso e documentos necessários para efetuar a inscrição.

Como houve um número maior de inscritos em relação ao número de vagas de cada curso, foi realizada uma seleção com base no currículo e carta de intenção do proponente, documentos esses necessários para efetuação a inscrição. Tivemos um total de 357 inscrições e foram selecionados 153 participantes distribuidos conforme cronograma abaixo:

1) Mímesis Corpórea

Ministrante: Dra. Raquel Scotti Hirson

29/01 a 06/02 de 2015

Participantes: 16

 

2) O Ator na Rua

Ministrante: Ricardo Puccetti

07/02 a 13/02 de 2015

Participantes: 20

 

3) Treinamento técnico para o ator

Ministrante: Jesser Sebastião de Souza

29/01 a 03/03 de 2015

Participantes: 16

 

4) O corpo como fronteira

Ministrante: Dr. Renato Ferracini

04/02 a 13/02 de 2015

Participantes: 17

 

5) Da energia à ação

Ministrante: Naomi Silman

19/02 a 26/02 de 2015

Participantes: 16

 

6) O Corpo Multifacetado

Ministrante: Dra. Ana Cristina Colla

19/02 a 25/02 de 2015

Participantes: 16

 

7) O Corpo da Voz

Ministrante: Carlos Roberto Simioni

25/02 a 01/03 de 2015

Participantes: 16

 

8) Diálogos sobre Produção

Ministrante: Cynthia Margareth

23/02 a 27/02 de 2015

Participantes: 22

 

9) O Mundo Inteiro Refletido numa Gota de Água

Ministrante: Yael Karavan (Israel)

26/02 a 01/03 de 2015

Participantes: 14

 

VII Terra LUME

 

O Terra Lume pretende, a cada fevereiro, transformar a sede do núcleo em espaço multimídia. O foco é proporcionar um espaço de sinergia e intercâmbio entre os participantes dos Cursos de Fevereiro e do Simpósio – atividades integrantes dessa Jornada - além de abarcar também participantes artistas/pesquisadores de outras atividades que  acontecem nos outros grupos sediados em Barão Geraldo e artistas e pesquisadores em geral.

Com acesso livre e gratuito, foram organizadas todas as atividades previstas conforme cronograma abaixo:

Escambo Teatral

Dias 02/02, 09/02, 23/02 de 2015

Ao longo dos anos, foi notado que os artistas/pesquisadores participantes dos Cursos de Fevereiro possuem grande interesse em mostrar suas próprias cenas, performances, pesquisas práticas em andamento ou ainda, ter a possibilidade de gerar um espaço possível para propor seus próprios debates. Pensando em oferecer um território no qual o próprio artista/pesquisador possa propor sua atividade e/ou mostrar sua cena, criamos o “Escambo Teatral”, um espaço de encontro e intercâmbio entre os próprios artistas-pesquisadores presentes para democratizar seus processos, procedimentos, experiências e debates. Para tanto os participantes inscreveram suas atividades previamente via e-mail ou site, ou mesmo fizeram a inscrição até o dia anterior previsto para o escambo. A organização e rápida divulgação dessa pequena mostra foi realizada pela própria equipe de produtores e funcionários do LUME.

Espetáculo Café com Queijo

Dias 02/02 e 03/02 de 2015

Foram realizadas duas sessões desse espetáculo na Casa do Lago nas datas previstas.

Esse espetáculo tem como foco, conforme já explicitado no projeto da jornada, conversas e histórias, entremeadas por canções e versos, que compartilham com o público vozes e vidas resgatadas da clandestinidade em suas andanças pelo interior do Brasil. No aconchego de uma colcha de retalhos, fala-se um pouco de tudo: de curas para males de saúde e do coração, das artes da conquista, de comida, festa, morte, trabalho, solidão, aculturação. Neste espetáculo delicado, tudo tem cheiro e sabor, e não apenas de café com queijo ralado - bebida típica oferecida aos atores no interior de Tocantins. Criado em 1999, o espetáculo já se apresentou em diversas cidades do Brasil, tendo participado dos principais festivais nacionais de teatro e apresentado nas cidades de Lisboa, Évora e Santo André, em Portugal.

 

Demonstração de Trabalho: Não tem Flor Quadrada (com Naomi Silman)

Dia 22/02 de 2015

Nesta demonstração, pode-se verificar a trajetória da atriz na criação de uma técnica pessoal de representação. Um confronto intransferível do ator consigo mesmo, no âmbito de suas específicas dificuldades e facilidades com o trabalho prático. O contato com vários elementos e princípios técnicos do treinamento corpóreo. A criação de repertórios de matrizes corporais, vocais, e sensoriais e em seguida, o trabalho de improvisação e criação para a cena.

 

Demonstração de Trabalho: Serestando Mulheres (com Ana Cristina Colla)

Dia 23/02 de 2015

Vestir-se do outro como revelação de si mesmo. Será isso possível? Em sua busca por ser-estar na cena, a atriz Ana Cristina Colla, ao longo de seus 20 anos de pesquisa junto ao Lume, visitou pessoas, cidades, mestres, recantos. Entre encontros e confrontos, foi depurando seu fazer teatral, passando pela mímesis das corporeidades, visitando o butoh, como portas para a própria singularidade.  Nesse encontro-demonstração a atriz narrou através das imagens que cria e corporifica, seu saber impresso no corpo.

 

VI Encontro Patuanu

Dias:  de 18 a 24 de fevereiro de 2015

O Patuanú – Núcleo de Pesquisa em Dança de Ator - são artistas das áreas do teatro, dança, circo, música e performance que pesquisam a Dança de Ator, sob orientação de Carlos Simioni do Lume Teatro. A Dança de Ator é uma técnica de treinamento baseada no exercício da presença cênica e na investigação de diferentes qualidades de energia, movimentos e impulsos internos do corpo. Esses elementos são encontrados na Dança Pessoal, elaborada por Luís Otávio Burnier e Carlos Simioni, fundadores do Lume Teatro. Apropriando-se de referências do teatro mundial, Burnier e Simioni tinham como objetivo elaborar uma técnica para o ator brasileiro, levando em consideração sua cultura e particularidades. Hoje, os elementos presentes na Dança Pessoal são referência no Brasil e fora dele. O Patuanú inicia seus trabalhos em 2010, a partir de um curso proposto por Carlos Simioni e, desde então, tem se comprometido em aprofundar e difundir a pesquisa em Dança de Ator por meio de encontros e intercâmbios em diferentes cidades do Brasil.

Mostra de Vídeo

Dias 02, 03 e 04/02 de 2015 período manhã e tarde na sede do LUME

Dias 09, 10 e 11/02 de 2015 período manhã e tarde na sede do LUME

Dias 23, 24 e 25/02 de 2015 período manhã e tarde na sede do LUME

 

PALHAÇO

Villa Grock - David Larible

Homenagem a Charles Rivel I / II

 

BUTOH

Documentário Butoh

Ko Morobushi

Rashomon  - Daira Kudakan

 

GROTOWSKI

O Príncipe Constante

Conferência com Jerzy Grotowski

 

ODIN TEATRET

Moon and Darkness

Treinamento Vocal

 

ETIENNE DECROUX

Yves Lebreton - Corporal Theatre

Corporal Mime - Etienne Decroux (Yves Lebreton)