Programação realizada no X Simpósio Internacional Reflexões Cênicas Contemporâneas

Todas as mesas foram realizadas das 14:00 às 18:00 de forma on-line

​​

Mesa 01 - Autobiografias e Autoficções

23 de fevereiro de 2021

Essa mesa pretende discutir conceitos e partilhar processos que tangenciam questões biográficas no contexto das criações cênicas e refletir sobre as maneiras em que elas são abordadas e nomeadas. Em que esses processos específicos instigam a criação artística?

Convidados: Janaina Leite (USP), Emilio Garcia Wehbi (Argentina) e da Coraci Ruiz (UNICAMP - Laboratório Cisco)

Mediação: Ana Cristina Colla e Raquel Scotti Hirson (LUME Teatro - UNICAMP)

 

​Mesa 02 - Palhaças e Palhaços

24 de fevereiro de 2021

Uma mesa que tratará da maestria da arte do encontro e do diálogo: palhaças e palhaços que, a partir do reconhecimento e da dilatação de sua pessoalidade, inventam um território coletivo onde tudo é possível e onde cabem todas as diferenças, contextos, culturas. Com seu corpo que brinca e suas possibilidades infinitas, este ser é construtor de pontes entre identidades singulares.

Convidados: Barnaby King (UK/EUA/Colombia), Darina Robles (México), João Carlos Artigos (Brasil) e Priscila Jácomo (Brasil)

Mediação - Naomi Silman e Ricardo Puccetti (LUME Teatro - UNICAMP)

 

Mesa 03 - Presença existe. Presença não existe

25 de fevereiro de 2021

Em 2016 houve um debate na ABRACE com pensadores das artes presenciais que defendiam pontos de vista opostos. Opostos? O objetivo dessa mesa é a continuação desse debate iniciado para verticalização de suas ideias e pontos de vista sobre o conceito de presença. Presença existe?

Convidados: Charles Feitosa (UNIRIO) e Renato Ferracini (LUME Teatro - UNICAMP)

Mediação: Stephan Baumgartel (UDESC)

​Mesa 04 - Grupos e Coletivos: sobrevivência na pandemia e no contexto político atual

26 de fevereiro de 2021

A pandemia, a perspectiva sombria da pós-pandemia e o contexto político de desmonte da cultura e das artes trouxeram novos grandes desafios para coletivos e grupos. Como sobreviver? Como continuar produzindo? Como resistir?

Grupos: Barca dos Corações Partidos (Rio de Janeiro), Barracão Teatro (Campinas), Clowns de Shakespeare (Natal) e Cabaret Capricho (México)

Mediação: Renato Ferracini (LUME)